Contribuição à compreensão da musicalidade a partir de uma pesquisa psicosocial

Por Marcelo S. Petraglia & Arley Andriolo
 
Publicado na EUROPEAN REVIEW OF ARTISTIC STUDIES 2018, vol. 9, n. 1, pp. 1-19 ISSN 1647-3558
 
O presente trabalho tem o propósito de investigar e discutir o conceito de musicalidade a partir de uma pesquisa no âmbito da psicologia social, que teve como objeto de estudo a experiência de oficinas de música com trabalhadores no contexto empresarial. As questões emergentes dos depoimentos dos participantes da pesquisa quanto a se perceberem, ou não, como “músicos”, foram colocadas em diálogo com a visão de diversos autores sobre o tema da arte e da música. Discute-se o papel, significado e modo de realização de um fazer musical de gente comum, que se manifesta de forma ubíqua e perene na sociedade, sustentando a ideia de que, para além daqueles que tiveram uma formação musical ou atuam profissionalmente com a música, a musicalidade se apresenta como um atributo indissociável do ser humano.
 
Leia o texto completo – Revista ERAS (PDF)

Adicionar a favoritos link permanente.

Comentários estão encerrados.