O fazer musical como caminho de conhecimento de si e conhecimento do outro no contexto empresarial

Tese de doutorado de Marcelo S. Petraglia apresentada ao Programa de Pós Graduação em Psicologia Social do Instituto de Psicologia da USP – 2015.

Resumo

Esta pesquisa tem por objeto de estudo o fazer musical aplicado no contexto da educação empresarial. Foi investigado em que medida este processo constitui um caminho de conhecimento de si e conhecimento do outro, bem como procurou-se compreender seu potencial, paradoxos e peculiaridades, tanto para a educação empresarial quanto para a psicologia social. Nesta pesquisa, foi trilhado um caminho essencialmente fenomenológico, no qual optou-se, primeiramente, por apresentar e descrever o contexto de trabalho e, em seguida, descrever a experiência vivida em uma série de oficinas musicais, realizadas com trabalhadores de três empresas. Os dados da pesquisa foram colhidos sob forma de entrevistas, diários de campo dos participantes e gravações em vídeo das oficinas. Uma vez compilados, os registros relevantes foram organizados em categorias, a fim de permitir uma análise dos significados emergentes no processo. Os resultados encontrados foram, então, discutidos sob o aporte teórico e reflexões acerca: da musicalidade, da arte como caminho de conhecimento, do trabalho educativo no meio empresarial, e das questões da percepção da música, de si mesmo e do outro. Por fim, indaga-se sobre o potencial papel do fazer musical tanto no âmbito do desenvolvimento do indivíduo quanto na dinâmica das interações sociais e de trabalho no mundo empresarial contemporâneo.

Palavras-chave: música; psicologia social; psicologia e estética; educação
empresarial; fenomenologia; alteridade.

Texto completo em PDF

Adicionar a favoritos link permanente.

Comentários fechados.