Ensino de música no segundo setênio, com atenção à individualidade através dos temperamentos.

Atualmente, no país, as aulas de música são dadas de maneira onde o professor transmite indistintamente a todos os alunos os mesmos ensinamentos, generalizando as qualidades dos alunos que por não serem iguais além de receber estímulos que não satisfaçam o desenvolvimento de sua individualidade, correm o risco de ficarem presos a dificuldades que não são as suas.

A pedagogia Waldorf acrescenta através da avaliação dos temperamentos de seus alunos um grande diferencial às aulas de música. Estas visam estimular e harmonizar o temperamento do indivíduo, proporcionando assim, não só um aprendizado mais individualizado, mas também um estado de maior saúde para o ser.

Leia o artigo completo – PDF

Adicionar a favoritos link permanente.

Comentários fechados.