O processo de criação

por Mônica Leoni

Esta exposição não tem a pretensão de ser a conclusão de algo, mas sim a de explorar um tema. O tema a ser explorado é o processo criativo, em dois momentos diferentes, dentro da composição em si e dentro da improvisação.

Heiner Ruland, em seu livro “Die Neugeburt der Musik aus dem Wesen des Menschen”, no capítulo “O processo artístico como fundamento da terapia” analisa a descrição dos sete processos vitais inconscientes, feita por Rudolf Steiner e os relaciona com o processo de criação de Mozart. Ele utiliza para isso o trecho de uma carta escrita por Mozart à um Barão, que havia lhe pedido que escrevesse sobre o seu processo de criação.

Leia o artigo completo – PDF

Adicionar a favoritos link permanente.

Comentários fechados.