O professor de classe e a música

Por Lívia Gomes Ferreira Campanholi
O presente trabalho de conclusão de Curso de Formação em Antropomúsica tem por objetivo estudar e refletir sobre a dinâmica estabelecida entre o Professor de Classe com o desenvolvimento musical de sua classe do ensino fundamental, na Pedagogia Waldorf.

Como sabemos, a Pedagogia Waldorf possui um currículo pautado nos conhecimentos da Antroposofia sobre o desenvolvimento humano e tem no elemento musical um aliado disponível a esse fim. Assim sendo, a música ressoa por toda a escola desde o jardim de infância até o décimo segundo ano escolar. Se espera que cantem e toquem instrumentos musicais: as crianças, os jovens e os professores.

A música permeia os ritmos, os conteúdos, os festejos de épocas anuais, acompanha e harmoniza as práticas de euritmia1 etc. Os difusores dessas práticas são os Professores. Quais professores!? Pergunto isso pois creio que a música em si mesma pertence a todos e a priore qualquer um desejoso por promovê-la pode executá-la. Digo executá-la. Como aquele que domina minimamente os princípios técnico-musicais e reconhece a importância descrita por Rudolf Steiner(1861-1925) sobre a relação saudável da música com o ser humano utilizando-a para exprimir sua sensibilidade e o conteúdo formativo.

Leia o artigo completo – PDF

Adicionar a favoritos link permanente.