Proposta de educação musical nas Escolas Waldorf como Inspiração para o trabalho em outros contextos.

Por Erika de Andrade Silva

No Brasil, desde 2008 testemunhamos a efervescência de debates acerca da volta
da música para a escola. A lei 11.769 torna a música conteúdo obrigatório em todas as
escolas brasileiras, desde a educação infantil até o ensino médio. No entanto, muito se
tem discutido a respeito dos profissionais que assumirão este desafio, das metodologias
e conteúdos envolvidos e da função da música na escola.

Ao longo de 20 anos de carreira na área da educação musical, pude vivenciar o
processo ensino-aprendizagem em diversos espaços, como em escolas especializadas
em música, escolas regulares públicas e privadas, em aulas particulares, além de
projetos sociais. O que pretendo compartilhar com o leitor são algumas observações, a
partir de vivências realizadas durante minha trajetória profissional, com diferentes
públicos, desde crianças até idosos.

O foco deste trabalho é discutir a educação musical sob o prisma das escolas
tradicionais e dos projetos sociais, comparando com a proposta antroposófica, praticada
nas escolas Waldorf.

Leia o artigo completo – PDF

Adicionar a favoritos link permanente.

Comentários fechados.