Revista do grupo de estudos e pesquisa em ecologia sonora – editorial N. 3

por Marco Aurélio A. da Silva

A sociedade é sonora!
Nosso ambiente é repleto de sons que são parte integrante da Paisagem Sonora que o compõe e se
transforma à medida que sons e mais sons são acrescidos e ou suprimidos do ambiente, em boa
parte, pela ação do ser humano; hoje, produzimos, cada vez mais e de forma desordenada, sons que vão se tornando parte do ambiente transformando-o dia-a-dia numa “odisséia sonora” que vem
deixando, gradualmente, surda nossa sociedade.

Assim, com o intuito de estabelecer interface entre Ensino de Música e ambiente, criamos o Grupo de estudos e pesquisa em Ecologia Sonora – Gepes, onde empreendemos, no momento, um mapeamento sonoro do centro histórico do bairro Praia Grande, em São Luis, Maranhão.

Leia o artigo completo – PDF

Adicionar a favoritos link permanente.

Comentários fechados.